Como a agricultura de precisão pode ser mais assertiva? Entenda!

  • Agronegócio

Otimizar os espaços disponíveis na lavoura é essencial para ter um maior aproveitamento de cada centímetro do terreno. A agricultura de precisão, método que começou a ser mais disseminado a partir da década de 1980, tem o objetivo de se livrar de lacunas que afetam a produtividade. Por meio de ferramentas e soluções inovadoras, é possível aumentar o rendimento e reduzir perdas.

Nesse sentido, os aparatos tecnológicos têm tido um papel fundamental para a mudança de cenário. Cada espaço da propriedade conta com características diferentes, como o tipo de solo, temperatura e outros aspectos. Por isso, é necessário investir em uma gestão que considere essas particularidades para que cada local seja aproveitado ao máximo.

Acompanhe o post para entender mais sobre a agricultura de precisão e como torná-la mais assertiva no seu negócio!

Quais as vantagens da agricultura de precisão?

O manejo da propriedade nunca é igual em todo o espaço. Pela dimensão do terreno, é preciso notar que o campo não é uniforme. No entanto, com a agricultura de precisão, é possível fazer o gerenciamento de toda a produção com o uso de ferramentas e a coleta de dados, de modo que se possa ter mais controle dos processos.

Um dos principais responsáveis por essa realidade foi a criação do GPS (Global Position System), que detecta com maior precisão os espaços e ajuda no acompanhamento da produção. Depois disso, diversas tecnologias também foram empregadas na agricultura de precisão, auxiliando a potencializar os resultados. Confira, a seguir, algumas das vantagens de adotar esse método.

Segurança na tomada de decisões

Por utilizar ferramentas que coletam dados e que identificam a desuniformidade nos terrenos, fica mais fácil tomar decisões que sejam eficazes. Fazer a gestão geográfica é o ponto inicial, pois, somente com essas informações, será possível desenvolver os passos posteriores.

Dessa maneira, as decisões podem ser tomadas de acordo com as características e as complexidades de cada área. Isso se torna essencial para manter o negócio saudável, diminuir impactos ambientais e ter retorno econômico.

Economia de insumos e recursos

Os insumos são uma parte importante na agricultura. No entanto, dependendo do tipo de produção, eles podem ter custos elevados. Por isso, investir em meios que possam reduzir custos e gerar economia é sempre uma boa alternativa.

A agricultura de precisão faz estudos e adota estratégias para a aplicação de insumos no local exato, no momento certo e na quantidade correta — como fertilizantes, água e outros produtos. Com isso, a economia gerada é percebida com o passar do tempo.

Visualização detalhada da propriedade

O agronegócio é uma atividade que exige maiores cuidados devido a suas proporções. Ao mapear e acompanhar metro a metro a propriedade com a visualização das áreas, o gerenciamento é muito mais efetivo. Dessa maneira, as chances de erros diminuem drasticamente, uma vez que os processos serão realizados com base nos dados levantados.

Cada detalhe é observado e acompanhado por meio de sensores, drones e outros artifícios tecnológicos. Com mapas georreferenciados, a propriedade é dividida em subáreas e, desse modo, consegue-se fazer o manejo adequado das regiões.

Melhoria das atividades agrícolas

A exploração de dados com a agricultura de precisão é uma maneira de potencializar os processos e os resultados da lavoura. Essa melhoria ocorre por causa de mapeamentos detalhados para fazer pulverização, irrigação, aplicação de defensores e fertilizantes. Ainda, são feitos diversos estudos, como o reconhecimento do solo.

Dessa forma, é possível escolher o melhor maquinário (tratores, colhedoras etc) e tomar outras decisões que influenciam diretamente a produtividade agrícola. O intuito é fazer uma gestão integrada, em que todos os aspectos trabalhem em conjunto para encontrar as soluções mais viáveis para o campo.

Diminuição de riscos

Os mapeamentos realizados na agricultura de precisão detectam problemas iniciais. Desse modo, são tomadas medidas preventivas e de correção. Assim, em vez de corrigir eventuais adversidades que possam gerar gastos extras, é possível evitá-las com o estudo de dados. Nesse ponto, há uma diminuição de riscos e falhas, verificando previamente as dificuldades.

Essa redução de riscos é benéfica pontualmente e também a longo prazo, já que preserva o solo, diminui custos de produção e aumenta a produtividade na lavoura. Ou seja, a agricultura de precisão garante uma série de vantagens. A tecnologia está cada vez mais avançada, assim como a performance das ferramentas e dos equipamentos.

Quais são as ferramentas mais utilizadas na agricultura de precisão?

Uma grande parcela das ferramentas utilizadas está relacionada a equipamentos tecnológicos, pois a agricultura de precisão é um jeito moderno de gerenciar a produção agrícola. Os apetrechos colhem diversos dados, como tipo de solo, topologia do terreno, insumos necessários e outras informações relevantes. Conheça um pouco mais sobre alguns deles.

Drones

Os drones são excelentes ferramentas para fazer o controle de estoque, fotografar e mensurar a quantidade de materiais e até mesmo estimar quantos insumos ainda restam. Além disso, são usados para fazer investigações sobre o manejo da lavoura, momento em que é feito o mapeamento e são levantadas informações mais precisas e detalhadas. Portanto, é um equipamento praticamente indispensável na agricultura de precisão.

Sensores

Para fazer coletas de dados regulares na propriedade, os sensores são ótimas ferramentas. Eles conferem parâmetros no solo e outros fatores por meio de sistemas eletromagnéticos, mecânicos, eletroquímicos e de outros tipos. Assim, as amostras são analisadas e os resultados são usados na confecção de um mapa de produtividade.

Piloto automático

Equipamentos como drones têm entre suas principais vantagens o uso a distância, por meio de controle remoto. Entretanto, outras máquinas também podem ser guiadas de forma remota, o que diminui erros e falhas de operação — além de não colocar operadores em risco. Com isso, pode-se controlar a velocidade de tratores, jatos de pulverizadores e outras funções.

Adubação de precisão

Aplicar adubo demais é um desperdício que pode ser evitado com uma adubação na medida. Com o auxílio de métodos que levam em consideração amostragens do solo, são detectados os níveis de elementos como fósforo e calcário. Dessa maneira, percebe-se a quantidade de nutrientes que o terreno necessita, sem cometer excessos na aplicação.

A agricultura de precisão apresenta resultados mais satisfatórios, com metodologias operacionais que aumentam a produtividade e reduzem o impacto ambiental. Nesse contexto, contar com aparatos modernos melhora a produção agrícola e otimiza ainda mais todos os processos.

Gostou do post? Então, assine nossa newsletter para receber outros conteúdos interessantes diretamente na caixa de entrada do seu e-mail!

AS MELHORES MARCAS, O MELHOR SERVIÇO, E UM PARCEIRO QUE SEMPRE TEM O MELHOR PREÇO