Logística integrada: o que é, como funciona e qual a importância?

  • Logística

Entre outras coisas, a busca pela agilidade operacional e a simplificação dos processos são dois grandes objetivos para qualquer gestão. Sendo assim, aproveitamos um dilema comum à boa parte dos nossos leitores. Afinal, você sabe o que é a logística integrada, de fato?

Caso não, saiba que esse é um conceito fundamental para a produtividade de uma empresa, principalmente se considerarmos a gestão de suprimentos, insumos e máquinas. Portanto, aproveite para entender mais sobre o tema, acompanhando esta leitura!

A definição da logística integrada

O objetivo desse conceito é combinar os três segmentos da logística no cotidiano das empresas, solucionando desafios e eliminando etapas desnecessárias. Assim, é uma metodologia de gestão que serve para simplificar o comando da área logística.

Os três setores gerenciados pelo método são: a logística inbound, a industrial e a outbound. A primeira categoria contempla todas as tarefas e rotinas exercidas no relacionamento com os fornecedores, englobando as compras, os recebimentos, os manuseios, os deslocamentos, os armazenamentos e afins.

Já a logística industrial fica encarregada de fornecer insumos, componentes e matéria-prima para a linha de produção, além das etapas de controle e deslocamento dos materiais que estão em fase de processamento até a sua caracterização final.

Por fim, a logística outbound envolve as etapas de coleta, separação e embalagem do produto que são deslocados até os seus destinos. Por conta disso, é a única fase na qual há uma interação direta com o cliente final, sendo muito importante para a imagem da empresa.

Os benefícios da logística integrada

No fim das contas, o objetivo desse conceito é juntar as três etapas logísticas, ampliando o senso de comunicação e transparência entre os departamentos. Por conta disso, é possível eliminar etapas redundantes, aumentar a produtividade, reduzir custos e elevar a satisfação do cliente final. Dê uma olhada!

Controle

A vantagem mais imediata é a melhora no acompanhamento e controle dos processos. Como toda a logística passa a ser gerenciada por um único painel, a gestão consegue identificar gargalos operacionais, retirando excessos e deixando o ciclo ainda mais enxuto.

Economia

Esse é um benefício que aparece como uma consequência das melhorias no controle operacional. Como em um efeito cascata, a eliminação de etapas, o aumento da produtividade e a congruência entre as informações reduz a necessidade de refação, provocando a redução dos custos operacionais.

Organização

De certa forma, a logística integrada é um método de otimização gerencial, pois reorganiza a sua abordagem de controle, centralizando todos os processos. Por conta disso e da eliminação de etapas desnecessárias, a operação fica mais enxuta, rápida e barata.

Produtividade

Depois de somar vantagens como o aumento do controle, a redução dos gastos e a otimização de tarefas, a operação ainda se beneficia do crescimento da produtividade. Essa é uma consequência direta da maior eficiência na execução das etapas, com menos perda de tempo e refação.

Satisfação

Com tudo funcionando melhor e mais rápido, o consumidor nota o incremento na qualidade dos serviços, bem como a possível redução de preço — caso a empresa decida repassar essa economia ao cliente final, melhorando seu posicionamento de mercado.

As melhores práticas para a implementação do conceito

Agora, para facilitar a transição para essa metodologia, elencamos três dicas que você pode fazer em sua empresa. Confira!

Conscientize os colaboradores

O primeiro passo é comunicar a todos sobre essa mudança! O objetivo é descrever os benefícios da estratégia, demonstrando que a integração entre os departamentos facilitará o trabalho de todo mundo — também melhorando os resultados da empresa.

Adote uma metodologia de gerenciamento de projetos

Com a integração, a gerência precisará de um painel para o acompanhamento dos projetos e etapas. Para isso, sua operação pode adotar métodos como Canvas, Kanban, SCRUM e Agile. Em comum, todos eles apresentam o progresso das operações de maneira visual, facilitando o monitoramento das tarefas e a atribuição de responsabilidades.

Invista em tecnologia

Em um complemento à dica anterior, é interessante contratar uma plataforma especializada na gestão logística. Afinal, um bom software será fundamental para garantir a atualização de relatórios e status de situação em tempo real, garantindo que a comunicação entre os departamentos seja livre de ruídos e equívocos.

A importância da locação de equipamentos para a logística integrada

Lembra quando dissemos que a logística integrada se divide em três áreas? Inbound, industrial e outbound. Os processos mais delicados na operação estão justamente na segunda etapa, tratando-se do manuseio e da movimentação de cargas.

Essa é a fase em que se desloca insumos dentro do perímetro operacional, com extrema cautela para evitar acidentes e perdas. Em resumo, esse deslocamento permite o abastecimento contínuo da linha de produção, sendo, portanto, uma parte essencial da produtividade contínua de uma empresa.

É nesse sentido que a locação de equipamentos industriais se demonstra como uma boa estratégia. Caso você realize a locação com uma empresa experiente e comprometida com os seus resultados, estará sempre amparado por um suporte técnico ágil e competente — sobretudo em casos de problemas com a máquina.

Como exemplo, podemos nos utilizar como uma referência. Com a Armac, você trabalha com a certeza de ser atendido rapidamente, inclusive com a manutenção e a substituição da máquina, pois fazemos o necessário para colocar sua operação de pé novamente — o que não aconteceria com a mesma velocidade, caso o equipamento fosse uma propriedade da sua empresa.

A importância dos sistemas dedicados aos equipamentos alugados

Por fim, vale destacar o impacto positivo de um software de acompanhamento sobre a sua estratégia de integração. Por exemplo, digamos que você loca algumas máquinas, mas precisa de uma plataforma confiável para controlar os períodos de uso e demais parâmetros desses equipamentos.

Com a Armac, você conta com a confiabilidade técnica do Navimac, um sistema dedicado ao controle de identificação e perfil de condução dos seus operadores. Com esse painel, é possível restringir o acesso e a usabilidade das máquinas apenas aos funcionários devidamente credenciados.

Essa autenticação é realizada por meio de um leitor de cartões, que pode ser o mesmo já utilizado pelo colaborador. Para além dessa interface de autenticação e acesso, tanto as máquinas como o sistema operam com uma função de diagnóstico e rastreabilidade, combinando um sensor GPS a um acelerômetro.

A soma dessas tecnologias monitora vários dados pertinentes à utilização dos equipamentos, de modo que o Navimac consegue diagnosticar, em tempo real, uma série de condutas falhas na operação do veículo. Entre elas, estão: excesso de velocidade, frenagens bruscas, circulação em perímetros proibidos, ociosidade, entre outros.

Entendeu como a logística integrada pode revolucionar sua operação? Então, aproveite para seguir nossas páginas e acompanhar mais novidades importantes para o seu segmento. Estamos no Facebook, no LinkedIn e no YouTube!

AS MELHORES MARCAS, O MELHOR SERVIÇO, E UM PARCEIRO QUE SEMPRE TEM O MELHOR PREÇO