Confira 4 práticas tecnológicas para adotar em mineradoras

  • Inovação

A mineração é capaz de gerar diversos impactos ambientais, como a alteração da paisagem e a alteração do solo, do ar e dos recursos hídricos se os devidos cuidados não forem adotados. Por isso, é fundamental que as mineradoras procurem alternativas inovadoras através, muitas vezes, de práticas tecnológicas para minimizar esses danos.

Hoje em dia, uma mineradora pode considerar tendências de mercado e trabalhar com a ajuda de eficazes parceiros e soluções tecnológicas de alta complexidade para ajudá-la com a tarefa de mitigar danos e aprimorar os seus serviços.


Locação de Equipamentos para Mineração

Soluções para todas as etapas da mineração aqui


Pensando nisso, selecionamos 4 práticas tecnológicas e inovadoras que podem ser adotadas por uma mineradora. Assim, você se aprofunda no assunto e não perde nenhum detalhe. Confira!

1. Inteligência artificial

A inteligência artificial pode ser usada em sensores, por exemplo, para realizar o monitoramento sísmico em tempo real de toda atividade mineradora. Ao fazer a sua instalação na estrutura das barragens, se torna possível fazer um monitoramento a fim de captar as diferentes vibrações e reconhecer aquelas que colocam em risco a segurança do local.

O funcionamento acontece da seguinte maneira:

  • as informações são coletadas cotidianamente a fim de construir um conjunto de indicadores que deve servir como base para diagnósticos de alterações atípicas nos arredores das estruturas de barragens.

Em caso de alterações:

  • a mineradora toma conhecimento e tem tempo hábil para adotar medidas de segurança, como emissões de alertas, correção do problema ou até mesmo evacuação do lugar, em situações mais graves.

2. Automação

A Indústria 4.0 promove, de maneira geral, a automação nos processos de trabalho de diferentes áreas, inclusive no ramo da mineração. As mineradoras usam tecnologias que incluem sistemas de automação e soluções a fim de obterem um maior controle operacional, maior segurança para o trabalho no ramo e a diminuição de custos, contribuindo com a otimização na utilização dos recursos.

3. IoT

A Internet das Coisas, mais conhecida como IoT (ou seja, Internet of Things) pode ser usada na mineração para aumentar a segurança operacional e a produtividade, bem como para diminuir os resíduos com a utilização de processos mais eficazes.

Ao contar com essa ferramenta se torna possível, por exemplo, rastrear os fluxos de máquinas, matéria-prima e indivíduos e usar essas informações para aprimorar o funcionamento da mineradora.

4. Machine learning

Machine learning consiste em uma tecnologia em que as máquinas conseguem aprender por meio de associações de diferentes informações, como números, imagens, repetições e outros elementos que essa tecnologia consegue identificar.

Em geral, esse sistema é usado para que máquinas aprendam a executar tarefas tanto com quanto sem a ajuda humana. Na mineração o machine learning pode ser usado, por exemplo, para realizar previsões e gerar resultados que só podem ser obtidos a partir de uma análise detalhada de dados.

Agora que você já conhece 4 práticas tecnológicas e inovadoras que podem ser adotadas por uma mineradora, procure mapear a aderência delas ao seu negócio e, quem sabe, adotá-las a fim de usufruir de seus benefícios!

Lembre-se, os conteúdos da Armac são produzidos com o intuito de lhe ajudar a melhorar sua percepção de mercado e criar um pensamento crítico ao considerar parceiros e equipamentos no seu negócio. Por isso, não só nossos conteúdos, mas também nossos maquinários estão a disposição para lhe ajudar na otimização da produtividade, manutenção da sustentabilidade e garantia da ampliação de resultados.

Para conhecer mais sobre os serviços prestados pela Armac confira nosso portfólio ou entre em contato conosco agora mesmo!