Mineração 4.0: entenda como ocorre o avanço da tecnologia na área

  • Mineração

A indústria 4.0, também chamada de Quarta Revolução Industrial, é um conceito que envolve diferentes tecnologias, como automação, diminuição de gastos, análise de dados, controle e personalização das operações e outras coisas.

No contexto de indústria 4.0, surge também o da mineração 4.0. Trata-se de aplicar as tecnologias características da Quarta Revolução Industrial nas atividades de mineração. Enfim, é a união da mineração com a indústria 4.0. Que tal se aprofundar um pouco mais sobre esse tema? Confira a seguir!

O que é mineração 4.0?

O conceito de indústria 4.0 surgiu na Alemanha como representação do desenvolvimento da tecnologia avançada, que contribui para conferir mais estabilidade e controle ao processo operacional e ao ciclo de produção.

A apropriação das mesmas tecnologias para efetivar processos de mineração deu origem à mineração 4.0. Os processos adotados pela Quarta Revolução Industrial contribuem para deixar os processos relacionados à mineração mais seguros, pois expõem uma quantidade menor de trabalhadores aos riscos inerentes às atividades mineradoras.

Como a mineração 4.0 afeta o mercado?

Mais que uma transformação nos métodos de trabalho aplicados, essa modalidade inovadora provoca modificações em todo o setor. Em um novo cenário, aparecem oportunidades novas e diferentes perspectivas.

O planejamento otimizado por meio de dados

Adotar tecnologias inteligentes transforma o modo como acontece o planejamento nas empresas de mineração. Atualmente, podemos reunir muitos dados importantes devido aos sistemas de gestão, ao business intelligence (BI) e à computação na nuvem.

É possível cruzar as informações e permitir intersecções valiosas para tomar decisões. Um dos resultados desse cruzamento de informações é a identificação das áreas mais apropriadas para a extração de minerais ou do modo de realizar uma britagem de boa qualidade.

A execução automatizada e conectada

Outra transformação proporcionada pela mineração 4.0 se relaciona com a execução e o processamento de atividades. Depois de melhorar o planejamento, usam-se recursos com a finalidade de pôr em prática as tarefas de forma automática.

A partir de sistemas autônomos e inteligência artificial (IA), é dispensável, em muitos casos, a intervenção de pessoas nas atividades. Os minérios processados, a extração enriquecida com novos recursos, a britagem e o fluxo contínuo são alguns aspectos que se sobressaem.

Os sistemas tendem a ficar mais conectados. O fluxo contínuo de informações garante a realimentação dos processos e sua efetivação da melhor forma.

O aumento da produtividade e a diminuição dos gastos

A mineração 4.0 oferece resultados mais consolidados. Devido à tecnologia mais desenvolvida, é possível obter a redução de falhas e mais eficiência nos processos. Também se consegue melhorar o nível de produção, desde o planejamento até o monitoramento do desempenho.

A segurança no ambiente de trabalho também é um dos resultados da mineração integrada à indústria 4.0. Devido ao melhor aprimoramento dos processos, de máquinas mais bem preparadas e de mais qualificações, a exposição de pessoas sem a devida qualificação aos riscos da mineração cai bastante. 

Outra consequência é a possibilidade otimizada de reduzir custos. O gerenciamento de processos torna-se mais visível. A escalabilidade nas etapas fica viável, sem dificuldades. Naturalmente, tudo contribui para o payback satisfatório (retorno do capital aplicado), o que justifica o investimento necessário para aplicar a tecnologia.

O aparecimento de novas profissões

O avanço da tecnologia também contribui para promover o surgimento de novas profissões na mineração. Elas decorrem das necessidades que as ferramentas inovadoras geram, inclusive em relação ao uso adequado desses novos recursos.

Um cientista de dados, por exemplo, encarrega-se da coleta, análise e monitoramento da quantidade de dados que a empresa obtém. Outros exemplos são um piloto de drone que controla esse veículo a distância e um técnico que realiza a manutenção das ferramentas de automação, pois ambos devem atender a requisitos de segurança empresariais.

Novas profissões aumentam as possibilidades e revelam que será necessária a qualificação dos profissionais do futuro, de modo que eles ocupem posições mais estratégicas.

Quais as vantagens da mineração 4.0?

Vamos analisar algumas das vantagens da mineração 4.0.

Produtividade

A produtividade é fundamental nos processos de mineração convencionais e assim também ocorre na mineração 4.0. Claro que os resultados, nesse último caso, são maiores porque a tecnologia contribui para amplificá-los.

De forma básica, ocorre a otimização da performance de equipamentos já conhecidos (como escavadeiras) por meio de plataformas digitais, o aparecimento de sistemas de controle e monitoramento, a conexão entre os meios de comunicação e outras coisas.

Ao usar os recursos mais modernos, a produtividade melhora porque os equipamentos ficam disponíveis por um período maior. São diminuídos custos e perdas por causa da tecnologia avançada.

Sustentabilidade

Atualmente, a sustentabilidade está associada diretamente à responsabilidade social. Trata-se de uma das principais vantagens, pois deixa os processos menos agressivos para a natureza e identifica meios para reduzir os impactos e a geração de resíduos.

A sustentabilidade se torna visível por meio de:

  • menor consumo de água;
  • áreas degradadas recuperadas;
  • destinação adequada dos rejeitos.

Segurança

Os acidentes são comuns. A mineração 4.0 veio para otimizar a segurança nos trabalhos de mineração. Essa segurança aprimorada contempla desde a saúde dos trabalhadores até a redução de riscos com terceiros, como comunidades de pessoas que possam se localizar nas imediações das minas.

Muitas soluções são procuradas com a finalidade de assegurar o bem-estar dos trabalhadores para que eles efetuem suas atividades em melhores condições. Também são implementadas soluções para criar projetos que promovam a segurança das barragens.

Autodiagnóstico

O autodiagnóstico é umas das vantagens que mais se destacam na mineração 4.0. A revolução tecnológica contribui para que os equipamentos disponham de recursos que permitam analisar suas próprias condições.

É o caso de painéis de controle aprimorados com informações em tempo real, integrados aos demais sistemas de suprimentos.

Quais as principais tecnologias da mineração 4.0?

Para terminar, vamos citar algumas tecnologias que transformam em realidade tudo que falamos sobre a mineração 4.0:

  • drones: mapeiam pilhas e alvos de extração, gerenciam terrenos de exploração e outras coisas;
  • inteligência artificial: integra, em especial, as máquinas de mineração, como caminhões autônomos, escavadeiras subterrâneas (funcionam por controle remoto) e outras tecnologias;
  • operações integradas: sistemas projetados com ferramentas e dados que possibilitam o acompanhamento geral do panorama de uma mina, por exemplo (é importante integrar os diferentes processos e operações na mineração);
  • learn machine: a aprendizagem da máquina permite uma análise detalhada de diversos dados por meio de algoritmos para identificar os melhores lugares para a exploração de minérios;
  • programas de tecnologia: muitos programas de tecnologia, pertençam ou não à empresa de mineração, possibilitam a participação de uma quantidade maior de pessoas em um setor tão relevante para a economia nacional e mundial.

Na verdade, a mineração 4.0 já está em marcha, já existe e está fazendo a diferença. A produtividade aumenta, os processos operacionais são otimizados e desenvolve-se um espaço mais sustentável e alinhado às pautas sociais. Além disso, as empresas mineradoras conseguem agregar mais valor ao seu trabalho, melhorando sua competitividade.

O avanço da tecnologia no setor de mineração é um assunto que vale a pena ser comentado. Por isso, compartilhe este post em suas redes sociais e transmita essas informações aos seus amigos!

AS MELHORES MARCAS, O MELHOR SERVIÇO, E UM PARCEIRO QUE SEMPRE TEM O MELHOR PREÇO