7 tecnologias construtivas para usar no canteiro de obras

  • Inovação

A construção civil é um ramo que já conta com muitas tecnologias construtivas capazes de agilizar trabalhos e otimizar custos no canteiro de obras. Além disso, elas aumentam a produtividade, simplificam os processos e ajudam na execução de diversos serviços.

Aproveitar a tecnologia nos sistemas construtivos oferece inúmeras vantagens. No entanto, ainda podem surgir dúvidas sobre o que são as tecnologias construtivas: o principal propósito é criar materiais inovadores, mais sustentáveis, resistentes e econômicos. Desta forma, a modernização abre um grande leque de alternativas na construção civil.

Portanto, trata-se de uma das opções que precisam ser implantadas para melhorar a gestão de projetos e torná-la mais eficiente. A seguir, continue conosco e conheça cinco novidades a respeito do segmento!

1. Fibras de carbono

As fibras de carbono são produzidas com foco em flexibilidade e resistência. A produção desse material envolve um alto teor de carbono, traçado como se fosse um tecido. As fibras são mais finas que um fio de cabelo, e depois as malhas acabam unidas pela resina epóxi, de ótimo desempenho.

Esse material é comumente utilizado para a fabricação de peças de carro, aviões e bicicletas. Contudo, pela grande resistência apresentada, também se emprega para reforçar estruturas de construção. Quando há uma reforma ou algum tipo de intervenção em que se mexe no projeto original e existe o risco de desgaste da estrutura, as fibras de carbono são aplicadas atuando como complemento.

Além de bastante resistente, a aplicação é rápida e otimiza o tempo de obra. Depois de 24 horas, as fibras já estão prontas para serem revestidas pelo material desejado. Ou seja, o processo é bem mais veloz que outros elementos. Devido a sua alta resistência, a fibra de carbono costuma ser considerada mais durável que o aço, e a tendência é que ela não sofra com efeitos do tempo, sem se corroer.

2. Alvenaria estrutural

Uma maneira mais prática de construir sem precisar do auxílio de vigas ou pilares para fazer a estrutura é a alvenaria estrutural. Com o uso de blocos de cerâmica especializada ou de concreto, esse método tem um custo bem menor, além de apresentar fácil limpeza e ser mais simples para a obra em comparação ao concreto armado.

Portanto, ao utilizar a alvenaria estrutural há uma redução no uso de outros materiais, entre eles o aço, a madeira e o próprio concreto. Desse modo, o tempo de obra é reduzido, assim como os custos caso fosse preciso implantar pilares de sustentação. A velocidade da construção também cresce, e a entrega ganha agilidade.

No entanto, essa alternativa é um pouco limitada. Afinal de contas, não permite um design arquitetônico mais elaborado, pois restringe a altura e o desenho à forma dos blocos selecionados. Além disso, em obras posteriores é preciso maior cuidado para alterar a estrutura da construção.

3. Bioconcreto

Já imaginou um material capaz de se regenerar? Pois a tecnologia construtiva do bioconcreto entrega essa possibilidade. O concreto comum pode ter muitos problemas que o danificam, impactando na sua resistência e duração.

Nesse contexto, o bioconcreto foi criado a partir de uma combinação de nutrientes e bactérias adicionados à argamassa. Os organismos vivos presentes são ativados assim que entram em contato com a água e ficam em estado latente.

Sempre que chove, a água penetra nas fissuras e o bioconcreto é ativado, fazendo com que ele regenere o concreto. Sua textura porosa difere do concreto, que com o passar do tempo começa a se deteriorar e a rachar. Enquanto isso, o bioconcreto consiste em uma solução capaz de se regenerar, e é uma opção sustentável.

A umidade costuma causar danos ao concreto comum, enquanto no bioconcreto é nesse momento que a mágica acontece. As bactérias se alimentam do lactato de cálcio presente, e a água é o que as ativa da inércia. Assim, a alimentação e digestão delas que faz com que a regeneração ocorra.

4. Wood frame

A tecnologia construtiva wood frame é sustentável e preserva o meio ambiente. São painéis de madeira de reflorestamento usados para compor a estrutura da construção. A técnica é muito difundida no exterior, especialmente na Europa e em países como Estados Unidos e Canadá. No entanto, não é tão comum encontrar moradias assim no Brasil.

Chamados de pinus, esses painéis entregam a vantagem de serem mais eficientes do que a alvenaria estrutural. De quebra, conferem agilidade e limpeza à obra, pois não deixam resíduos. Assim, o desperdício cai e os custos também.

Outro ponto interessante é a versatilidade, pois a tecnologia wood frame pode se adequar a diversos tipos de imóveis. A única desvantagem é o fato de que a prática ainda é pouco conhecida por aqui, dificultando a busca por materiais e mão de obra especializada.

5. Aerogel

Essa tecnologia é benéfica em vários aspectos, como a redução no uso de eletricidade e gás para aquecer casas que passam por invernos rigorosos. O aerogel consiste em um material versátil, que pode ser aplicado para fazer isolamento térmico, substituindo as mantas tradicionais.

O aerogel é usado para desenvolver mantas térmicas de gel que tem muita eficiência, aquecendo até cinco vezes mais do que as mantas usadas atualmente. Por ser uma substância leve, com densidade de 15 a três vezes superior à do ar, é como se fosse uma espécie de espuma capaz de suportar cerca de 45 mil vezes o próprio peso.

O material é confeccionado pela remoção do líquido contido no gel, em que fica apenas a estrutura sílica. Desta maneira, sua composição gira em torno de 90% a 99% de ar, tornando seu poder isolante bastante superior à espuma ou fibra de vidro.

As tecnologias construtivas figuram como ótimas opções para revolucionar o canteiro de obras. Conhecer esses novos materiais e metodologias otimiza o processo e reduz uma série de custos, desde o orçamento. Entretanto, é preciso entender o funcionamento de cada uma e saber como aplicá-las nas construções, escolhendo as melhores alternativas.

Aproveite a visita ao blog e leia também sobre gestão estratégica de custos para aprender ainda mais a respeito do assunto!

AS MELHORES MARCAS, O MELHOR SERVIÇO, E UM PARCEIRO QUE SEMPRE TEM O MELHOR PREÇO