7 dicas essenciais para reduzir o desperdício na construção civil

  • Engenharia

Os profissionais envolvidos com o universo da construção civil têm de lidar com um grande temor: o desperdício. Nada mais natural, já que ele pode ser responsável por um gasto considerado desnecessário, que costuma representar mais ou menos 10% a mais na aquisição de recursos.

A boa notícia é que existem algumas dicas que ajudam muito a reduzir o desperdício na construção civil. O planejamento sempre é um grande aliado nesse sentido, tendo em vista que ele auxilia muito na redução de perda de recursos de uma maneira geral.

Se você ficou curioso e quer saber quais práticas também deve adotar na sua construção, então está no lugar certo. Leia este artigo, fique por dentro do tema e aprenda a otimizar o custo da obra. Vamos lá?

1. Invista em um planejamento consistente

Diversas pessoas não gostam de gastar tempo planejando, mas essa etapa tem um impacto direto no resultado dos projetos. Não é à toa que o processo é recomendado por grandes especialistas. Por isso, separe algum tempo antes de começar a construir para planejar todas as etapas da obra, assim como o gasto exigido para que cada uma delas saia do papel.

Quando esse levantamento não é feito, fica consideravelmente mais difícil calcular a quantidade de recursos necessários, desde a compra de materiais, até a contratação de mão de obra especializada.

2. Esteja atento aos pedidos de compra

Uma obra envolve diversos pedidos de compra de materiais — um aspecto muito comum para o andamento de qualquer construção. Entretanto, não é indicado sair comprando logo que recebe a solicitação para isso.

Isso porque o correto é analisar alguns aspectos, como o que está no pedido, se essa é uma necessidade real, a possível duplicidade de compras ou ainda se a quantidade está dentro do recomendado. Esses são apenas alguns exemplos, mas você pode perceber outras necessidades também.

Acredite: comprar o material errado, seja pela dimensão incorreta, seja pela falta de necessidade, está entre as principais causas de desperdício. Por isso, esteja atento e evite situações desse tipo.

3. Organize o canteiro de obras de forma recorrente

A desorganização do ambiente de trabalho pode causar a falta de produtividade em vários sentidos — e a realidade não é diferente no caso da construção civil. E tem mais: a desordem da obra apresenta uma relação direta com o desperdício.

Ter um canteiro de obras desorganizado pode gerar muitas perdas, já que quem está diretamente envolvido com a construção não consegue encontrar o que é necessário. Esse aspecto pode parecer despretensioso em um primeiro momento, mas pode aumentar o tempo para a construção e a quantidade de materiais pedidos.

De forma complementar, deixar esse ambiente desorganizado também aumenta as chances de acidentes e outros problemas no empreendimento. Motivos de sobra para evitar a situação, não é mesmo?

4. Controle o estoque sistematicamente

Saber o que está disponível como recurso da obra é outra etapa do planejamento que merece atenção. Não conhecer o que tem disponível pode fazer com que você siga com algumas compras sem necessidade, além de ficar mais vulnerável para momentos com a falta de um material ou produto.

O controle do estoque também deve considerar a validade dos materiais. Eles devem ser comprados no momento correto e ser armazenados com segurança até o momento de uso. Caso isso não aconteça, a compra pode gerar perdas ou acúmulos desnecessários. Fique atento!

5. Avalie os processos de logística

A distribuição de materiais também é um aspecto que deve ser levado em conta, já que pode causar desperdício na construção civil, caso não seja feita da forma correta. Para quem não sabe, é fundamental ter atenção e cautela para perceber que nem todos eles podem ser transportados da mesma maneira.

Para não errar, separe algum tempo planejando um espaço e local para que tudo que foi comprado seja guardado em pontos estratégicos. Assim você reduz a necessidade de realizar transportes desnecessários e perder alguns materiais. Somado a isso, acompanhe os demais processos de logística para checar se a movimentação está sendo feita do melhor modo.

Para fechar, planeje que os materiais sejam entregues em momentos próximos ao uso. Essa é uma forma de evitar que deteriorem, seja pela ação do tempo, seja até mesmo por efeitos naturais, como sol e chuva. Como você deve imaginar, isso reduz a durabilidade de alguns itens e pode comprometer o resultado final, gerando outros desperdícios consideráveis.

6. Invista em uma qualidade superior nos procedimentos

Além dos materiais e transportes, é fundamental investir algum tempo para treinar a equipe envolvida na construção. Isso garante que a execução da obra seja realizada corretamente. A excelência na condução de todos os processos faz muita diferença no resultado e também na redução de desperdício.

Se você não acredita, pense que os procedimentos elaborados de forma errada no canteiro de obras geram, sim, muitos desperdícios, mas grande parte deles pode ser evitada. Esteja atento, mapeie as oportunidades e reduza os problemas.

7. Crie uma central de montagem

Para fechar nossas dicas, não poderíamos deixar de falar da central de montagem. Como você deve saber, o manuseio dos itens no canteiro merece atenção de qualquer construtor antenado. Depois que ele foi organizado, como adiantamos em um dos itens, as chances de gastos desnecessários são reduzidas de forma considerável.

Uma central de montagem ajuda a evitar a perda de materiais, tendo em vista que o controle de quantidades e disponibilidade fica mais fácil de tal modo. Além disso, essa é uma forma de assegurar as condições melhores de estocagem, preparação dos materiais e até mesmo a aplicação algum tempo depois.

Após ler este artigo e conhecer práticas que contribuem para a minimização do desperdício na construção civil, não deixe de incorporar essas dicas no seu dia a dia. Você vai perceber que elas ajudam a acelerar o processo de construção e, de quebra, diminuem os gastos — uma combinação de fatores essencial para qualquer construtor.

Gostou da leitura? Então aproveite para compartilhar este post nas suas redes sociais e ajude outras pessoas também!