Boas práticas na gestão de pátios de biomassa

  • Agronegócio

O pátio de biomassa nada mais é que um ambiente composto por diversas estruturas e equipamentos que atuam no processamento de biomassa. Depois, o produto é utilizado em queimadores e outros elementos para dar origem a uma energia com características especiais.

Mais que montar esse “ambiente”, é essencial saber como gerenciá-lo corretamente. Isso evita erros e problemas, além de garantir o melhor aproveitamento dos componentes em relação aos objetivos.

Nesse sentido, veja quais são as práticas relevantes quanto à gestão de pátios de biomassa e entenda como obter ótimos resultados!

A estrutura de armazenamento

A armazenagem de biomassa precisa ser feita adequadamente, até mesmo para facilitar a extrusão do produto obtido. No Brasil, a estocagem acontece, principalmente, por meio do empilhamento de matéria-prima.

A formação de grandes montes pode ser posicionada abaixo de estruturas amplas, que são cobertas ou não. O objetivo principal é manter todos os componentes isolados de condições ambientais, para que estejam disponíveis e prontos para uso no momento de interesse.

A estrutura de transporte

Outro ponto importante num pátio de biomassa envolve a estrutura de transporte. Os componentes servem tanto para transportar as matérias-primas quanto o produto final das etapas de processamento.

O uso de pás-carregadeiras é muito comum para fazer grandes movimentações com segurança e estabilidade. O processo é realizado em dois momentos diferentes: para a alimentação das moegas e mesmo para descarregar a matéria-prima que chega em caminhões.

Também há o uso de retroescavadeiras no pátio, inclusive no momento de movimentar as cinzas que são geradas pela queima de produto. A escolha das soluções adequadas depende do espaço disponível, do volume que deve ser transportado e das características gerais dos materiais.

Com isso, é fundamental ter os componentes certos para facilitar as etapas e garantir qualidade geral na execução. A partir disso, pode-se fazer um planejamento para garantir eficiência e segurança.

A estrutura de processamento de biomassa

Falando sobre o processamento, temos outros elementos que são essenciais para que as fases sejam concluídas. A central de picagem trabalha diversas matérias-primas, como restos de madeira, de cana-de-açúcar e outros itens orgânicos. Os produtos são levados até lá com ajuda da mesa alimentadora de toras, que recebe e movimenta tais componentes.

A moega é responsável por acumular parte dos materiais, que são retirados mais tarde. Por falar nisso, a rosca varredura é essencial para retirar a biomassa — mesmo aquela que fica acumulada no fundo dos silos.

Já a peneira classificadora ajuda a separar a biomassa produzida de acordo com a granulometria. Assim, é possível selecionar corretamente os volumes adequados para a queima. No geral, os equipamentos dependem da estrutura do pátio e, principalmente, do objetivo quanto à biomassa.

Os benefícios do pátio de biomassa

Elaborar um pátio desse tipo oferece diversas vantagens para a empresa e justifica a procura cada vez maior nesse sentido. Apesar de ser necessário realizar um investimento inicial, é possível obter um bom retorno sobre o investimento graças aos aspectos positivos.

A seguir, veja quais são os principais benefícios da implementação e do uso de um pátio de biomassa!

Energia limpa e renovável

A biomassa usa produtos orgânicos e reações naturais para gerar um composto de alta qualidade. Com isso, funciona como uma fonte de energia limpa — e que é diferente de outras opções, como a queima de combustíveis fósseis.

Também é uma alternativa renovável, já que não depende da extração nem sofre o risco de esgotamento. Com isso, é uma opção interessante para negócios de diversas áreas.

Características sustentáveis

Por causa dessas qualidades, o pátio de biomassa apresenta um alto nível de sustentabilidade. Afinal, é uma alternativa socioambientalmente responsável e que ajuda a garantir as melhores características para o meio ambiente.

Ele evita a emissão de gases poluentes da atmosfera ou que contribuem para o aquecimento global ou efeito estufa. Com o seu uso, a empresa também fica sustentável.

Custos inferiores

Outro ponto interessante é que o pátio de biomassa dá origem a uma energia muito mais barata que os combustíveis fósseis. O petróleo, por exemplo, costuma sofrer com grande variação: quanto mais raro se torna, maiores são seus preços.

Já a biomassa é produzida com valores muito reduzidos. Com isso, o investimento inicial se paga ao longo do tempo e, depois, é responsável por ajudar a consolidar lucros e ganhos, por exemplo.

Favorecimento da participação em programas específicos

A sustentabilidade tem se tornado uma preocupação frequente na sociedade, e alguns programas são voltados para as empresas. Como boa parte dos acordos envolve a redução da emissão de gases poluentes, a adoção desse pátio permite a participação em programas de crédito de carbono, por exemplo.

Como o negócio emite menos gases e é responsável por causar um impacto menor na atmosfera, pode ter diversas vantagens. Portanto, a implementação estruturada da solução gera impactos positivos em médio e longo prazo.

Alta estabilidade de processo

Como visto, um pátio de biomassa tem vários “setores”: de armazenagem, de transporte e de processamento. Cada área conta com equipamentos específicos e de qualidade, o que gera bons resultados.

Por se tratar de uma alternativa bem estruturada, é algo que garante um aumento no nível de estabilidade do processo. Isso favorece o controle, reduz os erros e evita que ocorram desperdícios.

Maior segurança no processamento

Além de tudo, uma boa planta nesse sentido é fundamental para estabelecer o nível necessário de proteção. Com a ajuda de um bom planejamento e dos equipamentos com as características certas, todo o manuseio atende a normas específicas, como a Norma Regulamentadora nº 12 (NR 12).

Isso não apenas alinha o negócio com as obrigações legais de segurança no trabalho, como garante outros resultados positivos. Há maior proteção do capital humano, menos riscos de acidentes no manejo e redução nas perdas potenciais.

Como vimos, o pátio de biomassa é uma alternativa interessante para produzir uma fonte de energia renovável, limpa e sustentável. Com uma boa estrutura e a escolha dos equipamentos corretos — inclusive, via locação —, é possível garantir todos os resultados positivos associados.

Se quiser acompanhar outras novidades e informações relevantes, curta nossa página no Facebook e fique de olho em nosso LinkedIn!

AS MELHORES MARCAS, O MELHOR SERVIÇO, E UM PARCEIRO QUE SEMPRE TEM O MELHOR PREÇO