Pivô de irrigação: o guia completo sobre esse método!

  • Agronegócio

Os irrigadores de pivô foram criados por Frank Zybach em 1946 e podem ser chamados de irrigadores circulares ou de pivô central. Esses equipamentos rotativos são capazes de regar as plantações por meio de aspersores de líquidos. O método é altamente eficiente e irriga as culturas de grãos em uma grande área ao redor do ponto pivô do sistema.

Um sistema de pivô central otimiza a distribuição de água nas áreas de plantio e é mais eficiente em comparação a outras abordagens comuns utilizadas no campo. Os avanços tecnológicos ajudaram a tornar esses irrigadores circulares um dos melhores métodos para as operações rurais. Neste post, vamos explicar melhor o que é um pivô de irrigação.

Gostaria de saber um pouco mais sobre o uso de pivô de irrigação na agricultura? Continue a leitura!


Aluguel de máquinas para o agronegócio!

Máquinas para plantio, colheita e transporte


O que é o pivô de irrigação?

É um método de irrigação que utiliza pressurização e mecanização para fornecer água às plantações. O modelo tradicional mais usado aplica água em um padrão circular, girando em torno de um ponto central que fica no meio do equipamento. Esse sistema consiste em uma tubulação lateral, geralmente de aço inoxidável.

Os componentes são montados em estruturas de treliças adjacentes móveis que suportam o tubo. Cada treliça é montada sobre rodas motorizadas, e isso permite a movimentação pelo campo. Os seus bicos de aspersão são instalados ao longo da tubulação ou pendurados na parte lateral em tubos ou cabos menores.

As taxas de fluxo podem ser facilmente ajustadas por minuto no equipamento de pivô central. Os reguladores de pressão podem ser utilizados para criar um sistema de baixo ou alto fluxo, de acordo com as necessidades de uso da água.

Para que o pivô de irrigação é usado?

Os sistemas de irrigação por pivô conseguem se movimentar pelas áreas cultivadas, em vez de ficarem parados em um único local. Os aspersores imitam a chuva e favorecem a absorção de água e nutrientes que estão no solo pelas raízes das plantas. Esse equipamento realiza uma espécie de gotejamento nas lavouras, para que elas tenham um desenvolvimento saudável e sejam mais produtivas.

Os pivôs de irrigação são úteis para a aplicação de insumos, pesticidas e produtos químicos, assim como para a fertirrigação das lavouras. Se eles tiverem um sistema de gerenciamento agrícola, os agricultores podem monitorar custos operacionais, analisar resultados e tomar decisões mais acertadas. A tecnologia registra e rastreia as atividades executadas, a frequência e a duração dos eventos. 

Com um pivô de irrigação, fica mais fácil controlar as zonas irrigadas e auxiliar na fertilidade da terra. Os irrigadores são projetados para longevidade e precisão, a fim de que o produtor rural consiga proteger economicamente suas plantações em períodos de seca, que normalmente ocorrem todos os anos. Os equipamentos são feitos com componentes importantes, protegidos contra danos. 

Quais são os tipos de pivô de irrigação existentes?

Há diversos tipos de pivôs de irrigação que podem ser utilizados conforme as demandas do produtor rural, suas condições financeiras e o planejamento. Cada modelo é diferenciado, e alguns trazem mais vantagens de acordo com as espécies cultivadas. Veja a seguir mais detalhes sobre como esse equipamento realiza uma espécie de gotejamento nas lavouras! 

Central fixo

Um pivô central fixo é o equipamento instalado estrategicamente em uma base de concreto que fica posicionada na área central da extensão de terra cultivada. Ele reduz os custos da produção, já que pode ser operado por uma única pessoa e é útil em diversos tipos de solo ou topografia.

Rebocável

O pivô rebocável é planejado para oferecer estabilidade apropriada para o uso em terrenos irregulares ou com desníveis. Ele pode ser instalado com muita agilidade e facilidade, tendo em vista que se trata de um equipamento simples, cuja utilização é indicada para áreas que tenham em torno de 100 hectares por posição.

Linear ou lateral

O pivô linear é um maquinário fabricado especialmente para áreas com o mínimo de desníveis ou irregularidades, em formato retangular. Ele se movimenta em linha reta e tem capacidade para fazer deslocamentos em curtas, médias ou longas distâncias. Devido ao seu funcionamento, irriga toda a terra cultivada com fertilizantes e água de forma ágil e precisa.

Qual o investimento em um pivô de irrigação?

O preço de um pivô de irrigação varia entre R$ 20 mil e R$ 1 milhão, conforme o tamanho do projeto e a área que será irrigada. Existem diversas variáveis que interferem no valor de compra desses equipamentos, por exemplo, a altura da cultura a ser irrigada.

As estruturas maiores podem conter vários metros para irrigar mamão, banana e cana-de-açúcar. Já os equipamentos com perfil mais baixo são ideais para cultivar gramas, legumes e verduras.

Apesar do preço elevado, esses itens são importantes para as operações maiores realizadas em fazendas, eliminam a necessidade de contratar mão de obra e são bastante duradouros. Um sistema pode durar 20 anos ou mais com manutenção periódica anual.

Quanto custa um pivô de irrigação por hectare?

Os pivôs de irrigação podem custar entre R$ 4,5 mil e R$ 5 mil por hectares de terra irrigados. Por exemplo, em 200 hectares de lavoura, o custo médio é de R$ 900 mil. No entanto, o valor varia de acordo com cada caso específico e conforme a empresa que oferece o equipamento. 

O que considerar ao montar um pivô?

O custo para montar um pivô não é baixo, mas tudo depende do modelo escolhido pelo proprietário e das peças que serão compradas. Ele varia também em função do tamanho do projeto e das marcas dos componentes. É ideal que, quem opte por construir uma estrutura, considere os gastos com materiais, tecnologia e profissionais especializados que farão a montagem. 

Este é nosso guia sobre pivô de irrigação! Esse equipamento pode ser utilizado em todos os tipos de plantação, sendo alimentado por eletricidade oriunda de geradores ou fonte pública. Além disso, ele pode ter um painel de controle conectado a um ponto, a fim de dar comandos ao maquinário para parar, iniciar, mudar de direção e muito mais. 

Deseja obter mais informações úteis? Então, veja nosso artigo sobre irrigação por gotejamento, sua implementação e seus benefícios!

Gerar oportunidades e desenvolvimento para um mundo cada vez mais produtivo e sustentável