Como fazer a gestão da cadeia de suprimentos de forma efetiva?

  • Logística

Quem trabalha com empreendedorismo sabe como é importante ter uma boa gestão logística para ver o negócio crescer. Por isso, a gestão da cadeia de suprimentos é um dos conceitos mais conhecidos nesse aspecto.

O trabalho de fornecedores, a empresa e a comunicação com os consumidores devem sempre estar em sintonia. Desse modo, as demandas dos clientes são atendidas e o negócio cresce.

Mas como fazer a gestão da cadeia de suprimentos de forma eficaz? Então acompanhe este artigo, e confira as principais dicas de como realizá-la.


Aluguel de Empilhadeiras – Locação Online

Os melhores equipamentos de intralogística aqui


Qual é a importância de contar com uma boa gestão da cadeia de suprimentos?

Antes de mais nada, vamos entender o significado do termo. Em inglês, esse conceito é conhecido como Supply Chain Management, ou SCM. Ou seja, é um conceito de gestão internacionalmente conhecido e adotado.

O objetivo da gestão da cadeia de suprimentos é gerenciar fluxos, serviços, finanças, dados e outras informações importantes para a empresa. Por isso a integração que ela traz é tão benéfica aos empreendedores.

A implementação dessas técnicas de gestão é importante para reduzir custos, fidelizar clientes e atender às suas demandas. Companhias que utilizam esse conceito de gestão buscam mais qualidade para os seus clientes e têm maiores chances de crescimento.

Acesse o blog da Armac e entenda:

Como fazer essa gestão de forma eficaz?

O produto deve passar por uma série de etapas antes de chegar ao seu objetivo, que é o cliente. Primeiro, o trabalho de atração e fidelização de consumidores requer uma coleta de dados bem-feita no setor de cadeia de suprimentos. Após isso, a parte da produção antecede o transporte e a distribuição, que leva a mercadoria ao seu destino final.

Para que esse processo seja realizado da melhor forma possível, há dicas para aprimorá-lo e, até mesmo, criar esse tipo de gestão. Veja mais!

Mapeamento de processos

O primeiro passo para fazer uma gestão da cadeia de suprimentos bem-feita é o mapeamento de processos. Ter os dados e as informações das fases da cadeia de suprimentos ajuda na sua gestão de forma geral. A tomada de decisões e a resolução de problemas também se tornam bem mais fáceis.

Estoque mais baixo

Manter o estoque equilibrado é a melhor opção. Afinal, ficar sem produtos é pedir para perder vendas e acumular produtos sem a armazenagem adequada também não é bom. Por isso, mantenha o estoque equilibrado e mais baixo em vez de armazenar diversos itens. Nesse caso, é bom contar com ferramentas de gestão para controlar o estoque.

Cooperação entre profissionais

Como dica final, ter boas relações profissionais é essencial na hora de fazer uma boa gestão da cadeia de suprimentos. Desse modo, você pode ter fornecedores mais diversos e disponibilizar mais opções para os clientes. Sempre pense em modos de oferecer um serviço melhor para o seu consumidor.

Como começar a realizar a gestão da cadeia de suprimentos?

Por fim, vamos destacar como realizar a gestão da cadeia de suprimentos. Para começar a efetuá-la na empresa, a primeira etapa é identificar quem são os parceiros e os fornecedores e analisar se eles podem atender as necessidades da companhia.

Os principais desafios ao começar essa jornada são, sem dúvidas, a coordenação correta de equipes e a averiguação de resultados. Os resultados devem ser mensurados para identificar áreas a serem melhoradas e trabalhadas. A eficiência da frota, por exemplo, e a taxa de entregas que acontecem na data prevista são fatores determinantes para as análises.

A gestão da cadeia de suprimentos bem-feita traz diversos benefícios para a empresa, fazendo com que ela seja mais eficiente e competitiva, além de reduzir os gastos. Por isso, vale a pena se inteirar sobre o assunto e aplicar no dia a dia.

Você gostou do nosso artigo? Já aplica ou observa alguma dessas dicas no cotidiano da sua organização? Então, aproveite que já terminou este post e siga a Armac nas redes sociais! Estamos no Facebook e no LinkedIn. Não deixe de nos seguir também no Instagram e se inscrever no nosso canal do YouTube.