4 pontos importantes que envolvem a estrutura de galpões industriais

  • Logística

Os galpões industriais são peças fundamentais para o sucesso de empresas de diferentes segmentos, como a construção civil. Esse espaço é destinado para garantir um inventário de estoque organizado e adequado às necessidades do negócio e ajudar nas operações logísticas e produtivas na indústria.

A estrutura de galpões industriais permite a construção de um espaço com baixo custo e em menor tempo. Contudo, é fundamental saber fazer a escolha certa. Existem diversos fatores que influenciam diretamente na maneira como esse espaço poderá ser utilizado e que devem ser considerados antes da empresa investir em um galpão desse tipo.

Para ajudá-lo a tomar a melhor decisão, separamos 4 pontos importantes em relação à estrutura de galpões industriais. Confira!

O que considerar para a escolha da estrutura certa para galpões industriais?

A adoção de um novo espaço para a empresa é um investimento com um objetivo muito claro: alcançar o sucesso. Dito isso, é preciso ter a garantia de que essa aquisição será produtiva para a organização. Afinal, a estrutura de um galpão industrial é um fator determinante para trazer uma resolução para problemas, principalmente logísticos, que o negócio está enfrentando.

Uma estrutura adequada às necessidades da empresa favorece o desempenho das suas operações, tornando-a capaz de atender as carências pontuais e gerais do negócio. Tomar a decisão certa permitirá desempenhar diversas atividades com mais eficiência e organização, desde a otimização de serviços de distribuição, picking e movimentação de materiais ao incremento da frota de veículos da empresa.

O que deve ser observado em relação à estrutura de um galpão industrial?

Confira, agora, 4 pontos que você deve observar em relação à estrutura de um galpão industrial para assegurar a qualidade do seu investimento e potencializar os seus esforços.

1. Conheça os tipos de galpão industrial para fazer a melhor escolha

Existem diferentes tipos de galpão industrial com finalidades específicas que devem ser avaliados de acordo com as necessidades do seu negócio. Como reforçamos diversas vezes a importância de saber fazer a escolha certa para o seu negócio, separamos uma lista com os principais modelos para você tomar a melhor decisão.

Galpão de lona piramidal

Esse tipo é normalmente construído com tendas tensionadas no formato de um guarda-chuva — formato que leva o seu nome. O corpo dessa estrutura é feito de chapas de ferro ou de sistemas tubulares e é recomendado para quem precisa de pequenos espaços para armazenar materiais e mercadorias.

Galpão de lona duas águas

O galpão industrial de duas águas é uma ótima alternativa para quem busca um investimento acessível e eficiente. Ele pode ser utilizado para estacionamentos ou centros de distribuição e pode cobrir pequenas áreas ou até mesmo dezenas de metros de espaço. Essa estrutura também pode se aproveitar dos benefícios de materiais translúcidos para favorecer a iluminação natural.

Galpão metálico pré-moldado

O modelo de galpão industrial metálico pré-moldado oferece uma estrutura adequada às empresas que necessitam de um espaço de estocagem para o armazenamento verticalizado. A construção desse espaço é mais dinâmica, possibilitando mais agilidade e eficiência durante o processo de montagem. Além disso, o metal galvanizado é um material mais flexível e seguro.

Galpão em shed

Ao contrário dos tipos anteriores, a estrutura de um galpão industrial em shed apresenta um detalhe inusitado: a sua cobertura é desenvolvida em camadas no formato de degraus. Esse aspecto possibilita a abertura no alto da construção que pode ser usada para aumentar a entrada de luz natural e possibilitar a ventilação nos ambientes internos.

Dessa forma, a construção pode contar com gastos menores de energia que normalmente é utilizada para refrigerar os ambientes internos. Além disso, os galpões em shed proporcionam um ótimo espaço para empresas que trabalham com o armazenamento de produtos não perecíveis.

2. Evite os principais erros

Há uma série de erros bastante comuns que devem ser evitados para assegurar o valor do seu investimento. O primeiro deles é a falta de atenção às condições estruturais dos galpões. Como mostramos, existem tipos diferentes para finalidades variadas.

Para o sucesso de seus esforços, é fundamental prestar atenção às suas necessidades e adquirir um espaço capaz de beneficiar o seu negócio. A falta de atenção ao tamanho do seu projeto também é um erro bastante comum e que deve ser evitado a todo custo.

Por último, procure atentar-se em relação à localização do seu galpão. Essa aquisição deve considerar o posicionamento estratégico para favorecer as suas operações de movimentação e armazenamento de mercadorias, como as cargas a granel.

3. Avalie a estrutura do seu galpão

Há alguns pontos que podem ser observados em relação à estrutura do seu galpão que são extremamente importantes para a eficiência da construção. Os materiais, por exemplo, devem ser de ótima qualidade para assegurar o seu funcionamento e trazer mais conforto para os ambientes internos.

Uma telha que esquenta rapidamente, por exemplo, pode deixar o interior muito mais quente. A má qualidade também pode impactar na resistência às condições climáticas, exigindo manutenções com maior frequência e gerando despesas desnecessárias no processo.

4. Considere as suas necessidades

A estrutura do galpão deve ser capaz de atender as necessidades do seu negócio e proporcionar bons benefícios à empresa. Por isso, avalie se as vias de acesso possibilitam a manobra de equipamentos e caminhões e certifique-se se há a disponibilidade e energia elétrica necessária para operar as suas máquinas.

Existem diversos fatores que devem ser estudados para escolher a melhor estrutura de galpão. Com isso, você terá a certeza de que o seu investimento trará um bom retorno, proporcionando meios mais estratégicos de potencializar os seus esforços, como o desenvolvimento da intralogística.

Como fazer a prevenção na estrutura de um galpão industrial?

Cuidar de um galpão industrial exige alguns cuidados para assegurar a sua conservação e reduzir os riscos dentro desse tipo de espaço. Separamos as melhores maneiras de realizar a prevenção para você proteger o seu investimento e garantir o funcionamento de suas operações.

Conheça as medidas para prevenção de incêndios

O primeiro ponto para trazer mais segurança a um galpão industrial é justamente as medidas necessárias para a prevenção de incêndios. Para isso, as ligações do sistema elétrico devem ser realizadas em um único circuito como forma de evitar acidentes que podem comprometer o trabalho e colocar a vida dos funcionários em risco.

Contar com equipamentos para momentos críticos também é fundamental para oferecer suporte caso algo saia do controle. Por último, é preciso também orientar os profissionais sobre o manuseio correto de materiais químicos que podem causar acidentes dentro dos galpões.

Realize treinamentos com a sua equipe

Uma equipe treinada e capacitada é muito importante para auxiliar na conservação de um galpão industrial. Esse investimento permitirá que seu time desempenhe com mais eficiência as suas atividades e estejam alinhados às principais diretrizes de segurança e favorecendo o manuseio de equipamentos de proteção.

Faça manutenção periódica

A falta de manutenção no galpão pode comprometer não só sua estrutura física, mas também, o bem estar daqueles que ali exercem suas funções. Junto disso, há também a preocupação com os equipamentos utilizados, como empilhadeiras e plataformas elevatórias. Para isso, você deve planejar corretamente as vistorias e checklists, avaliando o melhor período para realizar essas manutenções e evitar acidentes.

Um equipamento essencial para lhe auxiliar nisso é a plataforma elevatória. Esse tipo de equipamento proporciona os recursos necessários para alcançar prateleiras, produtos e materiais em altura, ao mesmo passo que pode ser usado para a manutenção do telhado da construção.

Tenha um bom mapeamento dos locais de risco

Nenhum ambiente industrial está livre de locais de risco. Por isso, uma boa sinalização se mostra a melhor alternativa na hora de evitar acidentes e trazer mais segurança para os profissionais envolvidos. Ao realizar o mapeamento, você terá um registro gráfico sobre as áreas mais propícias a acidentes, podendo classificá-las de acordo com o nível de risco.

Pronto! Com isso, você conheceu os principais pontos que envolvem a estrutura de galpões industriais Temos a certeza que com essas informações, você será capaz de fazer a melhor escolha para o seu negócio alcançar o sucesso.

Se está procurando por um meio de aumentar a produtividade e desempenho, aproveite para conhecer as plataformas articuladas e veja como elas podem ajudar na indústria!