Saiba o que são aceiros e quais máquinas são utilizadas neste processo

  • Agronegócio

Um dos grandes desafios dos produtores rurais é a prevenção contra incêndios de grandes proporções, que podem se alastrar facilmente. Em época de colheita, em que há um acúmulo de material orgânico, esse risco aumenta consideravelmente. Além da retirada desse material orgânico, a criação dos aceiros contribui para que haja várias camadas de segurança para evitar possíveis tragédias.

Os aceiros têm como objetivo impedir que o fogo passe de uma propriedade para uma área vizinha ou que ele venha de fora para dentro. Para isso, é criada uma limitação, com o intuito de interromper a ação do fogo e reduzir a possibilidade de alastramento.

Neste post, você vai entender o que é um aceiro, quais são os seus tipos e quais equipamentos utilizar para criá-lo. Confira!

O que são aceiros?

Os aceiros são desbastes ao redor de uma propriedade, plantações, matas ou florestas, que têm como foco a prevenção contra grandes incêndios — evitando que o fogo alastre por grandes extensões.

Podem ser naturais, formados por rochas, rios e lagos, ou criados de forma planejada, com uso de ferramentas manuais e tratores com implementos.. Nesse cenário, é feita uma limpeza com o intuito de proteger os limites de uma propriedade, tendo como base cercas, postes e arames, por exemplo.

Em aceiros planejados, para definir o tamanho ideal, é recomendado utilizar a altura da plantação como referência, sendo que o mais seguro é a criação do aceiro com um tamanho quatro vezes maior do que a altura da plantação.

Entretanto, dependendo da vizinhança da propriedade rural, é necessário criar aceiros com medidas mínimas padronizadas. Por exemplo, de acordo com o Decreto 47.700/2003 do Governo do Estado de São Paulo, as medidas recomendadas são:

  • aceiro de dez metros, quando a propriedade está na divisa de unidades de conservação;
  • quando está na divisa das áreas de preservação permanente de reservas legais, recomenda-se seis metros de aceiro;
  • o mínimo recomendado nas demais áreas é de três metros.

Como são feitos os aceiros?

Os aceiros podem ser feitos com ferramentas manuais, como enxadas e pás, ou, em áreas maiores, com o auxílio de maquinário agrícola, como tratores de rodas com implementos de escavação, movimentação e preparo do solo. Esse processo tem um objetivo básico: criar um limite para impedir a continuidade da vegetação, reduzindo o alcance de um eventual incêndio ou queimada.

Para criar um aceiro que proteja uma cerca, por exemplo, será necessário retirar vegetação dos dois lados da estrutura, garantindo a limitação da ação de fogo externo e interno. Além disso, é importante retirar a matéria orgânica do local, principalmente aquelas que podem se tornar combustíveis, como palha e demais vegetais secos.

O ideal é que os aceiros sejam criados no início da temporada de seca, quando há uma maior propensão de incêndios causados por fenômenos naturais ou negligência humana — uma pequena ponta de cigarro jogada na beira da estrada pode causar um grande estrago em uma plantação se não houver um aceiro protegendo as cercas da propriedade.

Os aceiros podem ser abertos de forma periódica, como meio de prevenção, ou de forma emergencial, para conter o alastramento de um incêndio, reduzindo danos. Veja as características de cada tipo de aceiro.

Aceiro preventivo

Os aceiros preventivos, como o próprio nome sugere, são aqueles realizados antes de operações de combate às chamas. Também podem ser criados após a descoberta de um pequeno foco de incêndio para prevenir o alastramento.

Esse tipo de trabalho pode ser realizado com o auxílio de tratores ou com ferramentas para fazer a raspagem dos locais predeterminados com foco no isolamento das vegetações.

Aceiro emergencial

Os aceiros emergenciais são aqueles realizados quando já há um combate ao incêndio sendo realizado. Nesse cenário, a distância também deve variar de acordo com a altura da vegetação, respeitando, se possível, a mesma proporção de quatro vezes a altura da plantação.

Os aceiros emergenciais também podem ser realizados com ferramentas, mas é indicado usar tratores para agilizar o processo de isolamento das vegetações em uma situação de urgência.

Aceiro de segurança

O aceiro de segurança é aquele realizado após uma queimada com o objetivo de impedir que haja reincidência do incêndio.

Além dos aceiros, como aumentar o nível de prevenção de incêndios?

O aceiro é uma camada de prevenção contra grandes incêndios em uma propriedade que deve ser utilizado em conjunto com outros meios preventivos. É importante que os produtores da mesma região se associem, criando uma rede preventiva, com a formação de brigadas de incêndio — compostas por pessoas qualificadas — e aquisição de equipamentos de combate a incêndios, como abafadores.

Além disso, é necessário orientar os colaboradores para que eles consigam identificar focos de incêndio próximos às propriedades e que tenham treinamento para, se possível, ajudar a apagar o incêndio em estágio inicial. Também é importante manter um tanque com água em um local próximo de onde serão realizadas as colheitas.

Quais equipamentos utilizar para criar um aceiro?

Embora seja possível criar aceiros com ferramentas manuais, como enxadas, pás e foices, para ganhar velocidade, principalmente em situações emergenciais, a melhor solução é utilizar maquinário agrícola.

Nesse cenário, os tratores de rodas surgem como um equipamento de trabalho versátil no setor agropecuário, pois permitem o trabalho nos mais diversos tamanhos de terrenos e podem receber uma série de implementos para os mais diversos tipos de trabalho no campo.

Outro tipo de maquinário versátil são as minicarregadeiras, que podem ser adaptadas para uma série de trabalhos no campo — incluindo a criação de aceiros e a retirada de material orgânico — pela sua capacidade de se acoplarem em ferramentas extras, como o implemento de valetadeira de terra. Por terem o tamanho compacto, podem ser utilizadas em terrenos menores, ou em situações que apresentem riscos às máquinas de maior porte e peso.

Outra máquina que pode contribuir para a construção de aceiros e demais ações preventivas são as miniescavadeiras. Esse equipamento pode ser utilizado para estruturar aceiros mais profundos, caso o produtor rural enxergue essa necessidade. Há também a possibilidade de criar canais de suprimento de água para a estrutura linear do aceiro — uma vez que a miniescavadeira pode criar esses canais e interligá-los ao aceiro.

Não podemos esquecer os caminhões, que são de grande utilidade para o transporte dos materiais orgânicos resultantes das colheitas para eles terem a sua melhor alocação, seja o descarte, seja a utilização como matéria-prima em forma de biomassa.

A melhor maneira de contar com esses maquinários, tanto para a criação de aceiros preventivos como para os emergenciais — e para as demais demandas do setor agrícola — é alugá-los de um fornecedor especializado, que entregará um equipamento pronto para uso de acordo com a sua necessidade. Você pagará apenas pelo uso pontual.

Entre os benefícios da locação de equipamentos, podemos destacar o fato de você não ter que manter máquinas ociosas na sua propriedade, tendo que arcar com os custos de manutenção e compra de insumos.

Como mostramos, os aceiros são excelentes camadas de segurança para reduzir impactos de incêndios em uma propriedade rural e nas suas imediações. Se todos contribuírem para a criação de uma produção rural mais segura, a tendência será o número de incidentes reduzir cada vez mais.

Gostou deste post? Quer saber como ter acesso aos melhores equipamentos agrícolas para a criação de aceiros e demais atividades do campo? Entre em contato conosco e tire as suas dúvidas sobre a locação de máquinas.