Equipamento agrícola: o que considerar para a escolha ideal?

  • Agronegócio

Como escolher o equipamento agrícola ideal para sua fazenda? Essa é uma constante preocupação dos profissionais do setor agro. Afinal, esses equipamentos são essenciais para melhorar, e assegurar, a produtividade das fazendas.

Na atualidade, os produtores agrícolas podem utilizar uma série de máquinas, ferramentas e tecnologias para otimizar as atividades no campo. Mas, para comprar esses maquinários e soluções que custam caro, é necessário fazer um planejamento financeiro ou procurar outra opção mais viável.

Neste post, vamos explicar — em 9 dicas — como é possível determinar o melhor equipamento e apresentar os principais pontos que devem ser considerados na hora de tomar a decisão final. Acompanhe a leitura!

Quais são os principais equipamentos agrícolas?

Os agricultores trabalham com diversos equipamentos que facilitam e agilizam as suas atividades. Entre as principais ferramentas usadas nas lavouras, estão os tratores agrícolas de vários tamanhos e modelos, plantadeiras, pulverizadores, grades, arados, colhedoras, carrinhos de mão, ancinho, foice, rastelo, enxadão, enxadas e diversos implementos agrícolas que complementam os maquinários.

Por que as fazendas devem contar com bons equipamentos agrícolas?

As atividades que eram realizadas de forma manual nas fazendas passaram a ser executadas por máquinas com a chegada da agricultura 4.0. As tecnologias atuais mecanizaram os processos, melhoraram a qualidade das operações e geraram um aumento considerável na produção do agronegócio. Portanto, o uso de bons equipamentos é essencial para a sobrevivência do produtor rural.

As inovações tecnológicas são indispensáveis para o atendimento às altas demandas de produtos e alimentos no Brasil. O sucesso e escalabilidade do agronegócio dependem do uso de equipamentos agrícolas de qualidade em conjunto com as habilidades do agricultor que realiza todas as etapas de produção. Os maquinários ajudam a arar a terra, plantar os campos e cultivar as plantações.

Confira 9 dicas de como escolher o equipamento agrícola ideal

Para escolher o equipamento agrícola apropriado, é necessário analisar vários aspectos da lavoura. Em geral, as máquinas são planejadas para atender determinada necessidade da fazenda, e cada uma delas é adequada para um tipo de cultura. Ou seja, uma escolha inadequada poderá reduzir a vida útil do maquinário. Veja a seguir alguns pontos que influenciam na tomada de decisão do produtor rural!

Necessidades da fazenda

O primeiro passo para determinar o equipamento ideal para o seu agronegócio é observar as necessidades da fazenda. Analise o tipo de cultura, por exemplo, arroz, soja, trigo, milho etc. Observe ainda o porte da lavoura, pois cada máquina é fabricada para atender a um tamanho de área. Verifique as especificações técnicas e as orientações do fabricante.

Os maquinários mais potentes consomem mais combustível, aumentam as despesas por hectare de terra e diminuem a viabilidade econômica das operações porque os seus tanques são maiores. Porém, o uso de um equipamento que tenha menos capacidade do que a demanda da fazenda trará, também, custos adicionais e desnecessários.

Condições do terreno

Considere as condições do terreno onde será realizado o plantio das sementes. Avalie a necessidade de terraplanagem ou descompactação do solo. Esse é um detalhe que precisa atenção e análise prévia à aquisição de qualquer equipamento agrícola. Caso sua fazenda produza café, por exemplo, busque uma colheitadeira que ofereça segurança às operações relacionadas a essa cultura, e ao solo como um todo.

Potência

Analise a potência dos equipamentos de acordo com o tipo de plantação cultivada na fazenda. A diversidade do solo e da topografia ou as condições do terreno também são relevantes para determinar esse fator. Geralmente, deve-se utilizar entre 50 e 75 cavalos-vapor para áreas de até 30 hectares, 130 cavalos-vapor em locais com 100 até 500 hectares etc.

Tipo de chassi

O tipo de chassi interfere na potência e no peso do equipamento. Esse componente pode ter entre 2 e quatro rodas, ser rígido ou articulado e será escolhido conforme o tamanho da área. Propriedades maiores precisam de maquinários com chassis mais potentes, com 4 rodas para a realização de transporte e manuseio de implementos.

Reserva de torque

Um recurso relevante para a recuperação do motor dos equipamentos que enfrentam situações adversas é a reserva de torque. Ela deve ser superior a 40% para o trabalho em solos mais compactados, aclives ou movimentação de cargas elevadas. Esse fator é importante para veículos pesados e revela o peso que um trator ou caminhão suporta carregar.

Transmissão

O tipo de transmissão utilizado no equipamento agrícola facilita ou não a troca das marchas. As atividades mais complexas, por exemplo, requerem o uso de um número maior de marchas nos maquinários. Por isso, é preciso considerar os ambientes e contar com os componentes certos para evitar danos às máquinas.

Consumo de combustível

Um dos pontos que mais influenciam na escolha do equipamento agrícola para fazendas é o gasto com combustível. Se a máquina consome mais, isso eleva os custos da produção desde o período de adubação até a sua distribuição. Avalie quantos litros são gastos por hora ou hectare pelo maquinário antes de fechar a negociação.

Garantia de fábrica

A garantia é um fator que não pode ser negligenciado. As fábricas desses equipamentos agrícolas devem garantir um tempo mínimo para a realização de operações, caso contrário, não é aconselhável fechar o negócio. Normalmente, os fabricantes determinam um número de horas de uso ou em quantidade de anos desde sejam realizadas as revisões obrigatórias.

Tecnologia

A tecnologia faz parte de todas as áreas do mercado e está transformando as atividades do agronegócio. As máquinas aliadas às soluções tecnológicas atuam com mais precisão e eficiência do que as pessoas. As inovações corrigem e ajudam os produtores rurais suprindo as necessidades referentes ao trabalho com as lavouras.

Os operadores podem realizar tarefas online, enviar informações para os equipamentos, determinar como eles devem operar, realizar interrupções e controlar as operações diárias. As soluções oferecem excelente custo-benefício e são investimentos que geram retornos financeiros, já que aprimoram as atividades produtivas.

Entendeu o que considerar para escolher o equipamento agrícola da sua fazenda? Saiba que vale a pena alugar máquinas e equipamentos agrícolas com a Armac. Aqui, disponibilizamos não só o tradicional trator agrícola, mas também trabalhamos com implementos que podem lhe auxiliar nas tarefas cotidianas da lavoura.

Quer saber mais sobre as opções da Armac? Acesse o site e conheça todos os tipos de equipamentos agrícolas disponíveis para locação!