O que é um trator agrícola e para que ele serve? Entenda agora!

  • Tratores de Rodas

A mecanização no setor agrícola certamente impulsionou o trabalho no campo. Atividades antes executadas pelo ser humano e por animais passaram a ser realizadas por máquinas. E, como a tecnologia não para de se desenvolver, tais aparelhos estão cada vez mais aprimorados e eficazes.

O trator foi um dos primeiros veículos criados para otimizar o trabalho agrícola, e continua entre os mais importantes. Ele é usado na aragem, descompactação do solo — quando implementados com a grade de disco — e cultivo de diferentes plantas. Também é ideal para o trabalho de fertilização de arbustos e manutenção da paisagem. Saiba mais sobre esse importante veículo que é o trator agrícola!

O trator agrícola

A palavra “trator” vem do latim: “trahere”, cujo significado é “puxar”. Os tratores modernos são empregados para puxar, transportar e rebocar objetos de difícil movimentação, muito pesados.

O trator agrícola convencional é uma máquina aberta simples, provida de duas rodas motrizes muito grandes situadas em um eixo na parte inferior, logo atrás do banco único. O banco e o volante ficam centrados. Já o motor fica à frente do motorista, com duas rodas dirigíveis abaixo do motor.

As características do trator moderno

Esse design permaneceu o mesmo por muitos anos. Mas nos modelos modernos, a cabine costuma ser fechada — semelhante a outros equipamentos — para proporcionar um maior conforto ao motorista e para melhorar a segurança.

Outra característica do trator moderno é o sistema de proteção contra capotagem (ROPS). O condutor fica protegido de ser esmagado no caso de a máquina capotar.

Os primeiros tratores do século XIX e do começo do século XX funcionavam com motor a vapor. Atualmente, os tratores acompanham sistemas hidráulicos que os dinamizam pois oferecem grande potência e versatilidade. Além disso, o sistema de posicionamento global (GPS) — computadores de bordo ligados aos tratores — são ideais para a agricultura de precisão. E também existem modelos de tratores não tripulados, que agem como autômatos.

A versatilidade do trator agrícola

A intenção dos fabricantes de trator agrícola é que se torne um equipamento cada vez mais versátil. Isso significa que um só seja necessário para desempenhar diferentes tarefas sozinho.

Um modelo compacto já pode desenvolver atividades diversas, na agricultura e em outros ramos, como jardinagem. Também é possível acrescentar ferramentas ao veículo, chamadas “implementos”. Dessa forma, o potencial para a concretização de novas tarefas aumenta ainda mais.

Ou seja, a boa interação entre essas máquinas e implementos agrícolas, propicia uma nova gama de operações ao trator. O que, por sua vez, contribui para a ideai de que apenas um cumpra todas as demandas.

A durabilidade e a potência

No âmbito agrícola, o trator é planejado para executar trabalhos em áreas diversas e suportar cargas com pesos diferentes também.

Os motores dos modernos tratores tendem a ser mais potentes, o que ajuda na produção de muita força. Algumas versões mais atuais dispõem de eixos de ferro fundido, ou seja, a força e a durabilidade são maiores. E isso é visível tanto nos tratores médios quanto nos tratores grandes.

A facilidade de transmissão e operação

Como as transmissões manuais costumam ser mais difíceis de utilizar, alguns modelos mais avançados apresentam a transmissão hidrostática e a transmissão Powershift, pois elas facilitam bastante o uso do veículo.

A Powershift oferece mais suavidade no movimento, com oito marchas em faixa baixa e oito marchas em engrenagens de faixa alta. A transmissão hidrostática possibilita mudanças sem exigir nenhum esforço na direção.

Os implementos agrícolas

Antigamente, os arados e outros implementos ficavam conectados por meio de uma barra de tração ou de um sistema conectivo exclusivo, antes que Harry Ferguson patenteasse o engate de três pontos (padrão desde os anos 60).

Os implementos podem ser instalados na parte de trás, usando uma barra de tração ou o engate de três pontos. Alguns bons exemplos são as roçadeiras, as grades aradoras, as subsoladoras, semeadora, entre outras propostas.

Os tipos de tratores

Além dos tratores de pneus, em que as rodas traseiras (motrizes) impulsionam o veículo, existem os tratores de esteiras. No primeiro caso, há modelos com duas rodas e com quatro rodas motrizes.

Os tratores com quatro rodas motrizes (4 RM) são mais avançados e oferecem uma potência maior. O seu desempenho pode alcançar até 33% a mais que os tratores 2 RM. Vamos analisar alguns tipos e modelos para compreender melhor como funcionam.

Tratores agrícolas de rodas convencionais

O trator agrícola propriamente dito é aplicado geralmente em fazendas. Ele puxa, empurra outras máquinas agrícolas, faz reboques, lavra, realiza gradagem e plantios, entre outras atividades. Há alguns subtipos desses tratores de rodas.

Tratores padrão

Também chamados “wheatland”, com rodas fixas, centro de gravidade mais baixo, são muito aplicados na aragem e em outras tarefas de campo pesadas.

Tratores de altas safras

Esses também têm piso ajustável e uma distância maior do solo. São bastante usados na cultura de algodão e em outros trabalhos de lavoura em fileiras que crescem rápido.

Tratores utilitários

O trator agrícola utilitário vai além das atividades tradicionais de campo. Atua em paisagismo e escavação, geralmente com retroescavadeiras, garfos para paletes, carregadeiras e outros instrumentos. Costuma ser menor, com giro curto e baixo centro gravitacional.

Os tratores de jardim ou gramado podem ser classificados como utilitários e são empregados em cenários suburbanos ou semiurbanos.

Tratores agrícolas compactos

São tratores utilitários compactos (TUCs), versão menor do trator agrícola, e destinam-se principalmente ao paisagismo e à administração das fazendas. Não são aplicados em plantação/colheita comercial.

Um dos seus acessórios mais comuns é o FEL, ou carregador frontal. Retroescavadeiras compactas podem ser integradas a TUCs.

O trator agrícola nas obras urbanas

Apesar do nome, o trator agrícola de roda pode ser utilizado em diferentes obras urbanas da construção civil. Serve como auxiliar de outras máquinas, como a retroescavadeira.

Carretas, guincho, nivelamento de terreno, remoção de entulhos ou terra são exemplos de tarefas que ele efetua em projetos urbanos. Ainda pode ser muito bem aproveitado em terraplenagem, principalmente com as grades aradoras.

O trator agrícola conta com chassis robustos e motores de elevada potência, o que garante o melhor desempenho em atividades pesadas diferentes, seja no campo, seja na cidade. A possibilidade de receber implementos garante sua utilidade em frentes diversas.

O aluguel de trator agrícola

Neste texto você conseguiu conhecer melhor as peculiaridades de alguns tipos de trator agrícola. Com tais informações, já pode escolher o equipamento ideal para a sua área de atuação e otimizar o seu trabalho.

Para isso, a locação de trator agrícola costuma fornecer um ótimo custo-benefício, ou seja, é um investimento vantajoso. Não só pela diferença de preços, quando comparada a compra. Mas pelo fator garantia de produtividade, já que a locadora se encarrega de todos os aspectos de manutenção, troca de máquina, seguro e demais pontos que possam gerar dor de cabeça ou atrasar seu negócio.

Portanto, ao considerar o aluguel de trator, entre em contato conosco e confira nosso portfólio e condições de pagamento!