Madeira engenheirada: mais sustentabilidade, eficiência e produtividade nas obras

  • Engenharia

Uma das grandes novidades que vem ganhando adesão no setor da construção civil é a madeira engenheirada. Seu destaque está ligado ao fato de que peças desse material demandam um processo de montagem mais prático e rápido do que as tradicionais do mercado.

Tendo em mente que o mercado tem demandado novas, e mais ágeis, formas de construção, a madeira engenheirada tem total possibilidade de se popularizar ainda mais.

Neste artigo, vamos abordar com mais detalhes as boas perspectivas desse material para a engenharia, arquitetura e infraestrutura como um todo. Acompanhe!


Locação de Equipamentos – Alugue Online

O equipamento ideal para o seu projeto aqui


O que é a madeira engenheirada e quais seus tipos?

Este tipo de material é uma madeira processada industrialmente e transformada em uma propriedade construtiva de extrema qualidade. Sua composição atende às mais relevantes demandas e tendências da construção civil, como maior eficiência, sustentabilidade e produtividade das obras.

O principal objetivo da criação deste componente é otimizar o seu desempenho e principalmente para efeitos de sustentabilidade ambiental, sendo muito mais benéfico e ecológico, do que as outras categorias de materiais usados.

O termo madeira engenheirada refere-se a uma gama de produtos feitos a partir de eucalipto ou pinus que, após a sua extração, são submetidos a tratamentos que agregam homogeneidade e qualidade ao material.

Ela pode passar por variados processos, obtendo algumas outras categorias do mesmo material. Por isso, temos outros tipos de madeira engenheirada que podem ser produzidas:

(CLT) Cross Laminated Timber: Madeira Laminada Cruzada

Sua composição é constituída de no mínimo 3 camadas de madeira laminada colocadas de forma perpendicular umas às outras. Este modelo costuma ser utilizado em paredes, pisos e forros de casas de madeira.

(MLC) Glue Laminated Timber: Madeira Laminada Colada

Ela é feita a partir da união de lâminas de madeira com dimensões reduzidas que são coladas entre si de forma paralela. Sua produção atende a fins estruturais de alta segurança em vigas e colunas.

Onde pode ser utilizado este material?

A madeira engenheirada pode ser aplicada em diversos projetos de construções civis existentes. Vale frisar que os tipos desses componentes anteriormente mencionados são recomendados para certa etapa da obra, como a realização das vigas e colunas (MLC) de um prédio ou montagem de pisos e paredes (CLT).

O componente é comumente utilizado em:

  • estruturas de grande porte;
  • edifícios de madeira;
  • residências.

Quais vantagens de se usar a madeira engenheirada?

Essa solução estrutural ganha cada vez mais destaque em países localizados no hemisfério norte por causa das suas principais características que as fazem ser mais vantajosas em relação aos outros meios – como facilidade de extrair insumo e expertise na produção e uso.

Por este motivo, vamos listar logo abaixo os principais benefícios de se contar com essa madeira nas construções atualmente.

Material sustentável

Seu impacto ambiental na sociedade é uma das principais vantagens da madeira engenheirada em uma obra. Sua matéria-prima é renovável e de produção sustentada pelo setor florestal e agroflorestal.

Os meios tradicionais de construção são responsáveis pela maior parte da emissão do gás carbônico na atmosfera. Isso se explica por ser proveniente da fabricação de materiais como o concreto e o cimento.

Com a madeira engenheirada, a propagação desses gases diminui drasticamente pelo fato de a matéria-prima deste componente ser capaz de estocar o dióxido de carbono e, consequentemente, reduzir o efeito estufa a médio e longo prazo.

Outro fato importante a ser ressaltado é sobre a quantidade de entulho que se gera nas obras. Enquanto as construções tradicionais como alvenaria chegam a formar mais de 100 quilos de lixo por metro quadrado, as de madeira engenheirada em CLT ou MLC fazem números bem menores.

Construção leve e segura

A leveza do material e a facilidade do içamento de peças são pontos bastantes positivos por aqui. Com isso, o processo de construção utilizando o material se torna muito mais ágil e seguro.

A estrutura da madeira engenheirada é tão resistente quanto as de concreto armado e aço. A partir disso, é possível concluir que um tipo de construção com esses componentes quebrarem ou desabarem são praticamente nulas.

Um detalhe importante é que a madeira seca do mesmo possui ⅕ do peso do concreto.

Maior versatilidade

Outra vantagem relevante é a agilidade na construção que o material proporciona. As propriedades dessa madeira são capazes de torná-la de fácil manipulação, logo, o material obtém maior liberdade criativa com desenhos e formas para projetos arquitetônicos.

Como essa peça é pré-fabricada, a construção como um todo fica mais simples e otimizada.

O que ponderar antes de utilizar o material?

Por ser uma novidade no território brasileiro, muitos detalhes importantes podem passar despercebidos e os cuidados necessários com o material não serem feitos como devem.

Diminuir a vulnerabilidade do fogo

Para fortalecer a estrutura e se precaver desse acontecimento, é sempre recomendado adicionar uma seção superior à mínima feita no cálculo inicial dela.

Além disso, também é benéfico à aplicação de verniz retardante para evitar propagação do fogo.

Aumentar a durabilidade da madeira

O tratamento em autoclave com conservantes é um dos mais comuns previstos para esse tipo de madeira. O processo faz com que as peças resistam a agentes biológicos e a qualquer evento relacionado a condições climáticas extremas.

É bom frisar que o tipo de cuidado com o material varia conforme sua categoria e aplicação do elemento na matéria em questão.

Custo-benefício da tecnologia de madeira engenheirada

Dependendo do modelo de obra a ser planejado, o preço pode ser bem mais em conta do que os métodos tradicionais de construções.

Além de apenas analisar o metro cúbico e o orçamento, é viável observar os custos indiretos do serviço, tornando-o econômico, como:

  • salários de funcionários;
  • seguros;
  • impostos;
  • consultorias.

Esse método de construção vai ganhar notoriedade em breve no Brasil, por isso, trace planos e comece a incluir o material nos seus projetos que estão por vir, pois pode ser a melhor opção disponível.

Neste artigo, você foi capaz de compreender o conceito de madeira engenheirada, suas principais vantagens e tipos deste material no ramo da construção civil.

Gostou do post? Então, siga-nos nas redes sociais pelo Instagram ou LinkedIn e fique por dentro de nossos conteúdos.