4 vantagens do compartilhamento de ativos para usinas de etanol

  • Gestão
  • Inovação

O compartilhamento de ativos é uma das várias possibilidades de crescimento e longevidade que a implementação da economia compartilhada trouxe ao mercado. Mais do que isso, ele é a representação do que esse novo jeito de comercializar e utilizar produtos e serviços significa para o nosso futuro.

Empresas como Turbi, Bike Sampa e a Armac, por exemplo, já estão há um tempo se beneficiando desse sistema e conseguindo se estabelecer no mercado como grandes potenciais. Isso também não seria diferente no âmbito industrial, principalmente, quando falamos sobre o mercado de etanol.

Neste texto, vamos explicar o que é o compartilhamento de ativos e quais são as suas vantagens para usinas de etanol. Confira!

O que é o compartilhamento de ativos?

Há muitos nomes que podemos dar para o compartilhamento de ativos, desde consumo colaborativo ao nome mais popular: economia compartilhada. Independentemente da nomenclatura, o princípio é o mesmo. A ideia é que consumidores, fornecedores e parceiros interajam, façam transações e negócios. Basicamente, não há uma canal que gere dependência da empresa para fornecer algo, mas um compartilhamento entre partes — inclusive, quem compra também tem a opção de disponibilizar um produto ou serviço.

Para ficar bem claro, é o que acontece com a Bike Itaú, por exemplo. Aqui, funciona como uma plataforma que fornece a locação de bicicletas para os usuários. Eles podem alugar por viagem ou fechar planos diários, mensais, anuais.

Modelos de economia colaborativa

Existem três formas de compartilhamento nesse segmento da economia. Vamos entender mais a seguir.

Reaproveitamento

Aqui, são produtos que já foram utilizados, mas ainda têm validade. Isto é, estão em perfeito estado para uso. Nesse caso, em vez de descartá-los, eles são reaproveitados por outros. Um exemplo, são os brechós on-line.

Habilidades

Essa é uma forma bastante popular de reaproveitamento, pessoas que sabem realizar alguma coisa ou são especialistas em alguma área e resolvem compartilhar os seus conhecimentos com outros. A pessoa pode trocar esse seu conhecimento tanto por dinheiro quanto por outro aprendizado.

Produtos e serviços

Por fim, nesse caso, são compartilhados tanto bens quanto serviços, mas no âmbito mais pessoal. Em vez de grandes empresas produzirem, quem compartilha, muitas vezes, são os próprios consumidores por meio de uma plataforma. É o caso do Uber, em que o carro pertence ao motorista e a única função do aplicativo é conectar os clientes e oferecer um suporte.

Quais são as 4 vantagens comerciais do compartilhamento de ativos para as usinas de etanol?

Acompanhamos, até agora, o conceito de economia compartilhada. Entretanto, você deve estar se perguntando como isso se aplica a área industrial? Esse é um setor que precisa não só de manufatura, mas também depende profundamente de equipamentos.

A questão não é só que essas peças podem ser caras, mas elas também têm um prazo de validade. A possibilidade de obter esses recursos de maneira compartilhada, ou seja, alugando, é uma das formas da compartilhar de ativos e pode trazer muitos benefícios. Neste tópico, vamos mostrar 5 deles. Confira!

Diminuição de custos

Os custos de uma empresa podem ser um grande problema, principalmente, se compararmos com os seus rendimentos. Em vista desse cenário, um negócio, independentemente do segmento, está sempre procurando formas de equilibrar o que gasta com o que ganha, além de buscar por lucro.

O compartilhamento de ativos é mais uma das estratégias fundamentais para obter esse resultado. Imagine que uma empresa precisa de máquinas para produzir os seus produtos, quando ela obtém através de compartilhamento, a única coisa que precisa custear é o “aluguel”, a manutenção ou atualização desses equipamentos fica a cargo da outra companhia.

Portanto, ao invés de ter mais esse tipo de gasto, ela economiza e pode investir esse dinheiro em outras iniciativas, garantindo um melhor resultado.

Menos desperdícios

Componentes como maquinários e ferramentas obviamente têm uma função, mas isso não significa serem sempre utilizados. Alguns equipamentos são usados por um tempo determinado e depois são descartados, ou mesmo, repassados. No segundo caso, existe compartilhamento, mas isso não isenta a empresa portadora do desperdício, principalmente do recurso.

Nesse ponto, a terceirização de ativos é uma maneira de evitar esse tipo de situação. Veja bem, uma empresa terceirizada pode fornecer o mesmo maquinário para diversas outras companhias, reduzindo a perda tanto de dinheiro quanto de equipamento.

Redução de impactos ao meio ambiente

É bem claro que o compartilhamento de ativos é uma conduta que provoca benefícios. Não só no âmbito micro, como para a redução de custos das empresas, como oferece resultados do ponto de vista macro: o meio ambiente.

Nós vivemos em uma época em que percebemos como a nossa maneira de consumo afeta o meio. Poluição, desmatamento são alguns dos sintomas da produção sem controle. À medida que mais tempo passa, mais urgente fica encontrar possibilidades de diminuir o nosso impacto.

Por isso, o compartilhamento de ativos é uma ferramenta importante para esse objetivo. Ele diminui essa ideia de consumo constante em que sempre é preciso comprar algo novo, em vez de utilizar o que se tem, reduzindo a necessidade de produção.

Melhora a qualidade dos produtos

Um dos princípios da economia compartilhada é a abertura para ouvir o feedback. Essas empresas têm um suporte bastante ativo, além de que na própria plataforma há formas de avaliar diretamente o serviço.

Isso dá chance para que quem fornecer o serviço ou produto possa sempre melhorar, por meio de informações embasadas na experiência real de quem contratou. Além disso, para manter-se bem no mercado, essas empresas têm um nível de exigência alto em que ter parceiros de qualidade é uma das exigências principais.

Apresentamos o que é o compartilhamento de ativos e como essa prática pode trazer grandes benefícios para uma empresa. Além de reduzir os custos e oferecer um padrão de qualidade, buscar por esse tipo de estratégia oferece a chance de evitar desperdícios, principalmente, em casos do segmento industrial.

Em vista disso, queremos falar sobre os serviços de terceirização de equipamentos que a Armac oferece. Somos uma empresa que está há muito tempo no mercado trazendo o melhor em termos de equipamentos para os segmentos de construção, agricultura entre outros. Temos maquinários de última geração e contamos com profissionais capacitados para a manutenção preventiva, e reparos, sempre disponíveis para a necessidade dos nossos clientes.

Quer saber sobre nós? Então, conheça mais sobre os serviços da Armac! Confira!